sexta-feira, 26 de julho de 2013

"...Era apenas eu e você...
Seus olhos, por que são tão profundos e inexpressivos?
Você é aquele tipo de pessoa que é imprevisível.
Nunca se sabe o que está pensando. Deixou-me agoniado, aflito.
E se tu me deixasses aqui, olhando para o nada, com uma vontade imensa de te abraçar?
Fiquei imaginando mil coisas, enquanto você apenas me olhava, com aquele sorriso torto que eu odiava.  Estava zombando de mim?  Acha que sou um idiota?
Será que não percebe que minha cabeça estava em mil fagulhas?
Você e sua mania em me fazer pensar loucuras.

Surpreendentemente você me beijou. Esqueci-me de tudo. Seu beijo quente me deu todas as respostas que eu queria. Eram apenas respostas incertas, mas fazer o quê, eu te amo, e tudo que eu quero garoto, e que você me envolva em sua loucura e em seu mistério, me levando ao céu e ao inferno.  Dê-me todas as respostas que preciso, é apenas o que eu necessito. Só você. Apenas você..."

Will you still love me When I'm no longer young and beautiful?


" Will you still love me
When I'm no longer young and beautiful?
Will you still love me
When I got nothing but my aching soul
I know you will, I know you will
I know that you will
Will you still love me "

Young & Beautiful - Lana Del Rey



Na tua face



Na tua face

Encontro em ti, a beleza sublime 
Que me encanta a cada dia
Exprime uma inocência
Na tua face tão jovem e singela

Coração puro,
Seguro de si, alma de anjo
Traga-me a felicidade
Com a tua simplicidade

Essa coisa inexplicável,
Que inunda meu coração
Chamada amor
Para mim, foi inevitável.

Minha vida e meu coração
Almejam Pertencer a você
Esta é minha última oração

Para ter o teu amor, só para mim.


Um poema antigo, que fiz quando tinha 14 anos.  Foi parar em um cartaz da escola, o professor amou ♥



----------------------------------

Use, Abuse e jogue fora quando não te servir mais.
Pessoas são descartáveis?
Frio, insensível e egoísta. 
Oh, alguém me explique por Favor!
Tristes são os corações abandonados
Pesadas serão as lágrimas quentes e frias no rosto
Amargo torna-se o coração ao relento.
Pobre de quem foi dilacerado por dentro.


quinta-feira, 18 de julho de 2013

A beleza das rosas
Parece com a tua
Uma rosa negra como a noite
fascinante como a luz do luar
Encanta-me com o teu brilho
Em seu jardim de solidão e dor


domingo, 14 de julho de 2013

Anjo de luz. Quem és tu? 
Vai e vem, vem e vai.  Iluminando minhas noites de melancolia.
Fique aqui. Aninhando-se em meus sentimentos e em minha vida.
Mexendo em minha mente.
Ou, tu és um impostor? Fazendo-me imergir em fantasias.
A aparência engana. O teu silêncio é quase morte. 
Ou, tu vives apenas em meus sonhos... E eu, tola que sou, me prendo a você e acabo desenganada e sozinha.

Indiferente

Sinto-me só.
Como se não houvesse mais nada para lutar
Mais nada para ver, ouvir, falar
Há um imenso vácuo
Uma vida
Um amor,
Até mesmo uma ilusão.

O amor, o sofrer, o anjo.  Nada mais me apega. 
Nada mais me impressiona
Tudo é borrão. Um borrão sem cor, sem brilho.



O estranho

Todas as noites Uma névoa de letras E palavras soltas Entre nós e caminhos Feitos e desfeitos Debatem entre si E nesta pe...