quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Feel The LOVE

Não somos dignos de Julgar o certo e o errado quando se trata de amor. É algo divino, incompreensível, tudo que devemos fazer é deixá-lo fluir enquanto vivermos.

Desinteressada


Fiz um Tumblr, não sei para quê.
Acho que quando precisar ver e postar algumas besteirinhas vou ir para lá. :/
Ando meio desinteressada de tudo... Mas ao mesmo tempo que estou cansada, quero continuar correndo nessas linhas tortas da vida. Sei lá, vai que tem algo bom para mim....


>>Estou fazendo provas na escola, estou postando pouco... Com saudades de poder pensar nas minhas palavrinhas ♥
--- > http://misskuroboo.tumblr.com/ 

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Recanto da solidão

Eu, sinceramente, aprecio a solidão. Sinto-me bem comigo mesma, ouvir meus pensamentos, traduzir meus sentimentos, conhecer um pouquinho mais desse pequeno/grande ser humano que sou. Sem alguns momentos de solidão, nunca poderia me entender por completo, por mais complexa que seja a minha mente. Aqueles momentos de confusão, inquietação, pensamentos acelerados, podem ser acalmados em momentos de recolhimento do ser, perscrutando as vielas dos meus pensamentos. Cada vez mais me encanto com as capacidades da minha imaginação, da construção de ideias e ideais.  Todo ser humano tem um belíssimo mundo a ser explorado. Cabe a cada um se descobrir, se reinventar e apreciar cada pedacinho seu.


domingo, 18 de agosto de 2013

Passarinho Quer voar

Passarinho quer voar.
Ops! Passarinho já voou.
Passarinho andava preso,
Cantarolando, Triste
Seu Canto Clamava para se Libertar
Queria navegar nas manhãs de sol
Sentir Aqueles belos Raios Brilhantes,
Banharem suas Asas Livres
Voando pelo Céu azul
Mas estava ali, Atrás daquelas Grades de Ferro
Preso em seus sonhos
Até que em um belo dia
Uma alma cheia de brandura
Abriu a portinhola
E aí, Passarinho Voou.
Voou Feliz pelo Infinito Azul Celeste.  

Explorando o Belo mundo que o Esperava. 

Seu canto Nunca mais foi Triste.  





quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Doce anjo negro



Se eu pudesse ver o meu anjo...
Sei que ele vive comigo
Invisível aos meus olhos
Mas sinto sua aura me rodear.
Então eu espero;
Abrace-me, abrace-me, com suas asas,
Suas negras asas
Meu doce anjo negro.

Leve-me para uma terra distante,
Quero que o resto dos meus dias,
Sejam cobertos com o doce som
Da sua poesia em melodia
Que, Vagarosamente,
É Entoada com sussurros em meus ouvidos,
Na eternidade das nossas noites vazias,
Meu doce Anjo Negro.

Assim, eu prometo que irei entregar
Minha alma para você
Assim, para sempre ela repousará
Acalentada nas tuas negras asas
Imergida, para sempre, na infinidade
De sonhos,
Entoando com louvor, a sua poesia
Para sempre, Meu doce anjo negro.


segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Acalento

Desculpe-me, o que tenho aqui são apenas palavras soltas.
Jogadas à sorte. Sem apegos a estilos e regras. São apenas palavras de alguém que precisa se mostrar. 

E encontrou refúgio na sinfonia das letras.

Espetáculo da vida

Vivemos em um teatro. Somos os atores em um ciclo de máscaras. Todos queremos os aplausos, Mas, muitas vezes, Não estamos preparados para receber as vaias.Buscamos a glória, Temos o nosso clímax; Até chegar a hora das cortinas se fecharem E o espetáculo da vida vir ao fim.

sábado, 10 de agosto de 2013

In the Dark - Sonata Arctica



"(...)Seja minha corda de salvamento nessa vida
Sofrimento e prazer para sempre e sempre
Eu gostaria de ver as paredes em volta do seu coração cairem..
Pare de resistir, deixe a luz entrar
Sofrimento e prazer para sempre e sempre
Por essa vida

Deixe eu te levar onde a mágica está, voltar no tempo
Lembre-se da luz, da frígida lua de Dezembro"

O Universo indecifrável

Quanto mais aprecio a Beleza estonteante do Universo,
Mais eu me pergunto o que há por trás de tudo isso. 
Será alguma força "maior" ou apenas o acaso?
Por que tão belo e bem arquitetado? 

Quem Somos nós perto desse infinito de possibilidades e enigmas?
O que me resta é sentar e contemplar.
A beleza do Universo está em seu mistério
Que nos instiga a cada vez mais
Cairmos em seu jogo de
Adivinhações

Que nunca acaba.

Momento difícil

Difícil perceber o momento em que não vê ninguém pra desabafar. Ninguém parece te compreender muito bem. Ninguém demanda teu tato ou te...