segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Meu tratado



Às vezes eu penso se acredito ou não em um Deus. Eu acho que realmente existe algum ser mais elevado e maior do que tudo que podemos ver, mas ele apenas rege o universo e não interfere em nossas vidas aqui. O seu destino depende de você mesmo e não de um Deus. Então, pra quê o livre arbítrio, não é? Eu acho que isso é um ponto que todos deveriam entender. A humanidade depende da humanidade.

Ele pode estar no universo, na natureza, em tudo que podemos ver e sentir, é a essência — isso até soa como algo panteísta, mas ainda não sei se realmente sigo essa linha de pensamento. É algo complicado. Deus é uma criatura muito complicada. Alguns citam ele como um carrasco, que te mandará para o inferno se não adorá-lo... Outros dizem que é um espírito de luz... E alguns ainda dizem que ele é o mesmo que o Papai-noel; não tem prova da existência, só te recompensa se for uma boa pessoa, é ensinado pelos pais e alguns outros pontos que não me lembro ( vi no facebook ), mas, eu prefiro ficar neutra em relação a isso... Não quero defini-lo propriamente, porém cada um tem sua fé, já eu acho que chegar a uma conclusão real seja impossível.:)
Não acredito em testamentos, escritos antigos, pois é impossível um "deus benevolente" ser tão cruel em algumas histórias contadas. Já Jesus, esse sim possa ser um carinha gente boa, mas eu ainda tenho dúvidas se ele realmente existiu. 
Então para mim, Deus sempre será um mistério. Sinistro e impossivel de ser descoberto... Só se... Quando morrermos descobrirmos tudo... E.. Enfim, ainda temos muito para viver ô/


domingo, 29 de dezembro de 2013

Ocupações, bobagens, coisas de férias!


Ainda falta buscar os resultados dia 06 de janeiro, mas como já sei que to passada, realmente minhas férias já estão aqui ♥ Então, começou minha jornada, selecionei algumas coisas que já estou aproveitando nessas férias... Pois terceiro ano vem ai! '-' Na foto, minha diva Grell Sutcliff



Bom, vou começar com o anime Jigoku Shoujo.  Um anime que eu resolvi assistir do nada, e já no começo achei SUPER FODA! Não criei expectativas, simplesmente comecei, sem recomendações. É sobre uma garotinha que é a "Jigoku Shoujo", Donzela do Inferno em japonês. Em um site da Internet, que só funciona à meia-noite, você pode digitar o nome de quem você quer se vingar e invocar a Donzela do Inferno, Enma Ai. Se ela julgar correto, executa a vingança para você, jogando imediatamente no inferno a pessoa indicada, só que, quando você morrer também será lançado ao inferno, vagando entre a dor e o sofrimento, nunca poderá entrar no céu. O site existe realmente,http://jigokutsushin.de/ , mas, com certeza, é só uma lenda xD. As histórias do anime são muito boas, à cada episodio, fica mais interessante, Recomento MUITO! ♥


Segunda coisa que nesse comecinho das férias tenho feito bastante é ouvir LADY GAGA ♥  Já fiz um post aqui falando por que gosto tanto dela... 
O Álbum ARTPOP, que eu ganhei de Natal, realmente é MUITO BOM e viciante! Difícil escolher a melhor, mas para mim é Mary Jane Holland. Adoro Batidas fortes.  Outras que curto bastante, são Donatella, Venus, G.UY e Sexxx Dreams e... Enfim, quase todas do álbum.



Também, estou muito ligada ao Yaoi. Como sempre xD Na verdade, Yaoi está sempre em minha vida. Seja nos mangá, animes, no facebook, até nos meus pensamentos. Mas, o meu "amor" é bastante moderado. Como não gosto que pessoas na vida real saibam disso, tenho bastante cuidado, só assisto ou leio quando estou sozinha. Acho lindo, fofo, cheio de sentimento. ♥


Por fim, como tenho falado bastante aqui no blog. Estou escrevendo, adiantando tudo que tenho de minhas histórias. E também faço as alterações necessárias, mas, é apenas para me sentir bem. Estou incrementado muitas coisas em G.R e N.D está chegando no meio... É tão bom deixar minha criatividade rolar, sem se preocupar com o que outros vão dizer... Quero dar o meu melhor, mesmo que ninguém leia o que eu escrevi... 

Enfim, essa será minha vida nas férias... Claro, adiciono meu querido Blog e o Facebook, que nunca sai da minha linha de vício xD A não ser que eu queria mudar algumas coisas...
Domingo nada animado hoje xD  Vou Escrever um pouco mais tarde ô/


sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

#Somos Anjos




Envoltos nas margens da cidade. Somos anjos à procura da felicidade. O mundo não nos quis, então fizemos o nosso próprio lar. Envolvidos em armaduras que nos afastam desse mundo perdido, sujo e cheio de disfarces. Estamos no nosso paraíso, junto a outros que nos querem bem. Preferimos estar com os nossos, estar com a luz. Com todas as pedras que nos jogaram, construímos nosso forte.  Não machucamos ninguém, mas fomos massacrados. Não tiramos a liberdade de ninguém, mas usurparam a nossa, sem dó, apenas por querermos viver em paz.
Nosso amor é maior do que este lugar, não é baixo, nem vil e muito menos pecado. É apenas amor, lindo, controverso e complicado, como qualquer outro. 
Só queríamos ter mais dias no parque, de mãos dadas, com beijos simples e singelos. Sem se preocupar com as puxadas de olho e os furacões de palavras baixas.  Esperamos as flores, flores vermelhas, amarelas, rosas, serem oferecidas a nós, como fizemos há muito tempo. Um dia seremos mais felizes, mais incluídos, teremos dias mais esplendorosos, fora da margem. 
Enquanto isso, estaremos aqui, juntos. Somos anjos, anjos enfrentando a vida. 


Acho que fica bem claro sobre o que eu falo no texto né xD 
Eu acho tão injusto isso, resolvi pôr nas palavras os meus pensamentos. Eu sonho em um dia ver um mundo mais igual e justo, mas eu sei que vai demorar, tem muita coisa ainda... 

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

"Em uma terra de Deuses e Monstros..."



Em uma terra de deuses e monstros
Eu era um anjo
Vivendo no jardim do mal
Estragada, amedrontada
Fazendo qualquer coisa que eu precisasse
Brilhando como um farol de fogo
Você tem esse remédio que eu preciso
Fama, liqour, amor
Dá-me lentamente....
Gods & Monsters — Lana Del Rey 

É a inocência perdida? A Inocência Perdida.   
Anjos, vivendo entre o bem e o mal. Céu e Inferno. Entre aqueles que são "Deuses" e os "Monstros".




segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

#É Sangue




Sonhos, eles revelam tantas coisas que nós sentimos. Diversas vezes revelam tantas dores enterradas na alma. É Algo que às vezes eu prefiro nem ter. Alguns parecem ser totalmente sem sentido, mas, se conseguirmos lembrar de cada cada detalhe do sonho — o que é bastante difícil — perceberemos um sinal dos nossos anseios, dores e, até alguns amores.

Ontem tive um sonho que descosturou uma cicatriz. Uma que ainda estava meio aberta.
Desde que acordei esse fantasma está a me perseguir.  Não adianta tentar fugir, mas é algo forte demais. É bom não se importar, é bom fingir que está tudo bem? Forçar um sorriso inútil é vil, desrespeitoso consigo mesmo. Algo sempre vai trazer aquilo de volta, sejam os sonhos, seja a vida. 
Enfrentar assim de frente é sangue. É ver sangue na pele. 

Pelo menos, nos sonhos é sempre algo mais leve e mais bonito. Uma ilusão aos nossos sentidos. Não eram lágrimas, eram sorrisos alegres, conversas, reconciliações e amor verdadeiro. Não gosto de lembrar, não gosto de sentir lágrimas quentes e salgadas no meu rosto, mas é covardia não querer enfrentar. Não querer pensar.  Eu só queria que fosse como nos sonhos, mesmo sendo uma ilusão.




Desculpe-me, mas eu precisava desabafar um pouco. ÀS vezes falar um pouco da nossa dor é necessário.










sábado, 21 de dezembro de 2013

#Inconstante e glorioso destino


Deitado sobre o meu leito 
O silêncio me acalma
Solto versos para a alma,
Aos poucos ela vai me deixar
Espero os sinos da vida tocarem 
E a glória — com perfume de flores
Devagarinho, vai me contemplar
Entrarei em sincronia
Vagando pelo universo sem fim
Minha alma solitária
Eterna viajante,
Aguardando os sinais de luz
Infinitamente, procurando o túnel
A passagem divina
Aquela que me mergulhou em dúvidas
Sou indigno, viverei na inconstância.
Apenas mais um entre os seres,
Mais um mergulhado na melhor sina da alma.

Acordei hoje pensando nisso... Eu sempre me pergunto o que há detrás do silêncio da morte... É algo que me deixa assustada,e, ao mesmo tempo, curiosa. Não quero morrer ainda (claro xD) Mas queria muito saber o que acontece conosco. Não consigo acreditar que é o fim de tudo. É muito misterioso. Acredito que temos um espírito, como se ele guardasse tudo que sentimos, penso que ele continua a existir, e, possa ser que volte à Terra um dia. O problema é... Para onde ele vai.
Não consigo acreditar em CÉU x INFERNO. Se existe mesmo um Deus, ele não nos condenaria cruelmente. Ainda mais que não sei qual a necessidade de "Demônio", o ser humano tem o bem e o mal em seu coração, é como se ele fosse um bode expiatório para os nossos erros. É ridículo.
Nas minhas hipóteses, eu acho que existe um lugar onde...Nos tornamos mais elevados, pagamos nossas pendências... A morte é um verdadeiro mistério... Assim como a vida também é...

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Simbolismo //


 Último Dia de AULA!

Vou poder ficar um pouco mais no blog, produzir mais textos e adiantar os meus projetos! Mas, claro, também vou estudar um pouco...
Fiz uma prova hoje de português, tinha um pouco de Simbolismo/Parnasianismo. Interessei-me pelos dois, mas senti um pouco mais de apreço pelo Simbolismo, já que este se aproxima do Ultrarromantismo ( Álvares de Azevedo, meu favorito ♥). Os gostos pela morte, tons obscuros, o gótico, coisas cósmicas e místicas sempre me encantam. De vez em quando ponho esses temas em meus textos. Eu acho uma pena que as abordagens em sala de aula não explorem muito dos movimentos literários, apenas análises de textos nas provas... Sem leitura em sala... E trabalhos que deixa tudo muito cansativo.  Parei um pouco para pesquisar sobre Cruz e Souza, e achei esse soneto bem interessante:

Vida obscura
Ninguém sentiu o teu espasmo obscuro,
Embriagado, tonto dos prazeres,
O mundo para ti foi negro e duro.
Atravessaste num silêncio escuro
A vida presa a trágicos deveres
E chegaste ao saber de altos saberes
Tornando-te mais simples e mais puro.
Ninguém Te viu o sentimento inquieto,
Magoado, oculto e aterrador, secreto,
Que o coração te apunhalou no mundo.
Mas eu que sempre te segui os passos
Sei que cruz infernal prendeu-te os braços
E o teu suspiro como foi profundo!
 
"Vida Obscura" — Cruz e Sousa. 

Quando li esse poema, percebi algumas referências a Jesus Cristo(Sei que cruz infernal prendeu-te os braços). Nos trechos (Ninguém Te viu o sentimento inquieto/ Magoado, oculto e aterrador, secreto)  Percebe-se que fala do seu sofrimento, que, ninguém mais sentiu. É "Ó ser humilde entre os humildes seres." , Clara referência a simplicidade de Jesus. E que "chegaste ao saber de altos saberes", seus penosos deveres, seu silêncio, o fez o mais sábio e puro. Quando fui procurar algumas análises sobre este soneto, vi que muitos pensavam o mesmo, e tive uma visão bem mais ampla dele. Achei bem inteligente, pretendo procurar mais sobre esse autor. *-*
Esse ano, os movimentos literários me interessaram mais... Fiquei doida pelo Ultrarromantismo e agora, pelo Simbolismo. No ano passado, os únicos que me interessaram foram Trovadorismo e Barroco. O primeiro por ser da época medieval, e pelo "sofrimento amoroso", o "coitadismo" dos autores.O segundo pelos exageros e as antíteses (outra característica que eu acho bem interessante).  Lembro-me até hoje que tive que fazer um trabalho sobre "Arcadismo" e foi um saco ( ¬¬' )  Era muito sem graça, apenas a vida no campo e "carpe diem". Gosto de coisas mais carregadas, sentimentais, obscuras e misteriosas.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Clima de Natal ._.

Minha cara para o Natal:


Natal, para mim, só serve a parte da comida .-. 
Sério. É a época mais hipócrita e falsa do Ano. Odeio essas coisas "lindas" e "solidárias" de espírito natalino, "ajudar o próximo", "presentes", que as pessoas só se preocupam em fazer no natal. Isso deveria ser praticado o ano INTEIRO! É apenas uma data COMERCIAL, algo feito para estimular ainda mais o consumismo.  Pra mim, é uma besteira #pronto falei.
A parte religiosa, eu nem comento, pois não acredito ( não sou ateísta, mas não acredito que Jesus nasceu nessa época). Bate um sono, uma preguiça, de ver aquelas propagandas sem noção, cheias de brilhos e..Af
Amor, solidariedade, compaixão... Esse são sentimentos que devem ser preservados o ano inteiro, a vida inteira. Não é algo para fingirmos no Natal e depois voltar às vidas medíocres de sempre. Se o mundo estivesse em clima de natal o ano todo, estaria bem melhor '-'



domingo, 15 de dezembro de 2013

O que pode nos curar?




Há coisas que preferimos não lembrar, mas insistimos em nos debater com elas. Outras, simplesmente surgem em nossas mentes, trazendo de volta aquele amargo na boca e as lágrimas que tanto lutamos para pararem de rolar. À noite, de dia, ao olhar o horizonte. Não importa a hora. Aparecem, sem piedade. Não adianta correr,eles virão. Virão quando você menos espera. O verdadeiro sangue, a verdadeira cicatriz, escorrerão. O que pode nos curar?




sábado, 14 de dezembro de 2013

Living in my world...


"I'm living in a world of fantasy
Reality ain´t good enough for me
And all that I can feel is nothing but sobriety"


Mudei o Blog, por quê? Porque sim. Deu vontade  xD
Não sei, o outro template dava agonia... E eu queria inovar um pouquinho...
E, agora, está chegando as férias. E eu, no mesmo dilema.  Ficarei sozinha. Meu cérebro parece que já se adaptou a isso, mas ainda sofro um pouco. Antes eu me pegava chorando por isso, mas de vez em quando eu penso se é melhor estar sozinha, do que com pessoas que eu não confio, falsas, hipócritas... Sei que nem todo mundo adolescente é assim, mas, certas situações eu enxergo coisas demais e... Acabo tendo uma visão maior da realidade na escola, no face... Enfim... Sou observadora .-.
Quero terminar pelo menos o projeto G.R e adiantar o N.D. Vou me empoleirar aqui no blog, nos mangás, animes, vou tentar encaixar tudo. É meu mundinho, onde estou protegida de todos os males do mundo ♥ haha
Sei que ser desse jeito uma hora vai me prejudicar, mas o que eu posso fazer? Não consigo.
Terceiro ano batendo na minha porta, e eu tenho que mudar meus ritmos de estudo. Nada mais fácil, vestibular, pressões. Eu às vezes penso se estou preparada para isso. Mas, tenho que enfrentar neh... É mais uma etapa na vida! Nunca se sabe o que tem no futuro!
Dei uma arrumada na interpretação de The Misery, estava muito bagunçada D:
;*



sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Anjo Caído



O mundo te deixa frustado. Sou um anjo caído, imerso nessa minha terra de sonhos. Preso em paraísos estranhos e paralelos, cada vez mais caindo em meu próprio abismo. Vejo os céus, cinzentos e frios como os olhos do amor que perdi; Estes olhos, ainda gravados em minha mente, dizendo-me adeus. As paredes caem em volta de mim; encolho-me no chão e espero a ruína me sucumbir.
  O que há mais para mim? O há mais para esperar? 

No seio da minha vida, minha aura. Brilhava em dourado, vívida. Pulsava a cada segundo, alimentava-se cada vez mais do seu amor. Nessa ilha de deuses, um anjo está perdido e vulnerável. Larguei-me às suas mãos e cortaram-me as asas. O meu castigo, minha sina, ou, talvez, o meu destino?

Divago, a observar o mundo. Esperando a profecia se confessar. Estarei salvo, estarei morto. Contemplarei minhas noites de sonhos.
Acalentado sob o doce cheiro dos lírios dourados.


Estou pertinho, pertinhos das férias! Falta apenas a semana de prova e logo estarei livre. *-*
Mudei o blog novamente, agora é para valer! xD

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

#Livros ♥


Acho que encontrei o livro para mim! Envolve ANJOS, arcanjos, querubins, enfim... Mitologia Cristã!
Um colega meu me indicou esse livro, super animado, contou-me um pouco da história, dos personagens e logo eu me interessei pelo livro. O Autor é brasileiro, chama-se Eduardo Spohr e, eu acredito, que seja um livro bastante criativo e épico, como me indicaram ;)
Quando comprei e olhei para essa capa(a img acima), percebi que ia amar, ( é a capa de livro mais foda que eu já vi!).

Sinopse:
Há muitos e muitos anos, o paraíso celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, erguendo armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o dia do Juízo Final.
Mais eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas. Único sobrevivente do expurgo, o líder dos renegados é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na Batalha do Armagedon, o embate final entre o céu e o inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro do universo.
Das ruínas da Babilônia ao esplendor do Império Romano, das vastas planícies da China aos gelados castelos da Inglaterra Medieval, A Batalha do Apocalipse não é apenas uma viagem pela história humana: é também uma jornada de conhecimento, épico empolgante, repleto de lutas heroicas, magia, romance e suspense.

A sinopse já deixa com um gostinho de "Quero mais" e servirá de muita inspiração para mim (assim como qualquer outro livro que eu leio).

Acabei de ler "Histórias Extraordinárias", que é uma coleção de contos do Edgar Allan Poe. Eu sempre tive bastante curiosidade para ler algo dele e quando achei esse livro não hesitei muito em comprar.

Confesso que demorei um pouco para ler (por causa da escola, final de ano, essas coisas), mas não me arrependo nem um pouco. O livro é bem descritivo (coisa que me incomoda às vezes, mas gosto para ter uma boa visualização do ambiente da história) e a maioria dos contos é de terror e suspense. Você começa a ler e quer logo descobrir qual o mistério das histórias, e é isso que mais me encantou *-* 
Os contos que eu mais gostei foram: O gato preto e A queda da casa de Usher — coincidentemente, o primeiro e o último (xD).

Então, recomendo bastante esse de Poe e espero que A batalha do Apocalipse me surpreenda mesmo, espero bastante desse livro ♥


terça-feira, 10 de dezembro de 2013

#Falando sobre amor


Falar de amor. Não é algo fácil, mas também não é difícil. Assim como viver o amor. Para os amantes É tudo turvo, confuso e cheio de idas e voltas. É tudo lindo, bobo e cheio de certezas. O mundo mergulha em trevas. O mundo mergulha em um mar de rosas. Amantes, pobres amantes. Seres que carregam a ilusão e a maravilha no coração. Quem sabe o que é o amor? Quem sabe o que quer o amor? A inconstância e incerteza da paixão? Somente os céus hão de responder, ou, nunca iremos saber.
Os beijos, as lágrimas. Os abraços, as brigas. As promessas e desilusões. Um labirinto, onde caímos, e nós mesmos, decidimos ficar e nos perder. O amor está nos extremos, e nós estamos no meio-termo. Sendo puxado pelos dois lados.
Temo o dia, temo o dia que descubram o que é o amor — Acabarão os versos, as prosas, os textos. O seu mistérios, os seus doces mistérios. Mas... Quem sou eu para falar de Amor? 
Afinal, palavras nunca vão caber e definir este sentimento.  Sou apenas uma amadora. Ousando respostas que apenas os céus podem dar.

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Mais do que paixão — Fairy Tail!


Fairy Tail ( Literalmente, Rabo de fada) é um mangá de Hiro Mashima, que começou a ser produzido em 2006, sua adaptação para anime começou em 2009 e terminou em março desse ano. ( A volta está prevista, mas ainda não sabem quando ô//).
A história gira em torno de Lucy Heartfilia, Natsu Dragnell e suas aventuras com seus amigos de Guilda. A Guilda Fairy Tail é composta por magos. Cada um usa um tipo de magia ( estelar, dragão, take-over, entre outros) e eles sobrevivem fazendo trabalhos encomendados e derrotando guildas das trevas.
Os personagens de Fairy Tail são super cativantes e têm histórias lindas, como do Natsu que perdeu seu pai "dragão" e até hoje nunca souberam por que os dragões sumiram da terra ( Esse é um dos grandes mistérios do anime).  Lucy que perdeu sua mãe cedo e o pai não se interessava muito por ela ou a Erza que era uma "escrava" em uma torr, e o Gray que perdeu sua mestra após ele tentar derrotar o demônio que matou os seus pais, ela foi salvá-lo e acabou morrendo para proteger o seu pupilo.
 As histórias deles te encantam e, ao longo dos arcos e batalhas, mostra a força da união da guilda e o verdadeiro valor da amizade.
A maioria das lutas de Fairy Tail, o que motiva ele a continuar, lutar, mesmo com muitos machucados e em situações horríveis é para salvar os seus amigos. No decorrer do animes temos frases marcantes, como da Erza:
 Você não morre por seus amigos, Você vive por eles!
 É fofo, lindo e tem muita comédia(típico de Shounen's). Os meus personagens favoritos são( Na ordem de fotos): Erza, Lucy, Natsu, Zeref e Rogue e Sting (Meu Shipp favorito de Fairy Tail!)

 (♥)

domingo, 8 de dezembro de 2013

In The Dark — "Só o meu amor poderá te salvar"


Como eu já disse antes, sou fã de Sonata Arctica e adoro as letras das músicas deles *-* 
As minhas preferidas eu gosto de fazer uma análise das letras, só para tentar descobrir o que há por trás letras tão incríveis ♥  Já fiz interpretações para The Misery e My Selene. Agora chegou a vez de In the Dark. A música faz parte do álbum The Days of Grays, álbum que, sinceramente, não me agradou muito, só essa música.
In the Dark (No Escuro), não tem uma interpretação muito difícil, como a de The Misery, apesar de ser cheia de metáforas.

In The Dark — No Escuro


Eu sou de onde a mágica está /Vou te dar o que eu não posso levar comigo / E o dia ensolarado e a Lua / Quero ter um beijo silencioso, quero te fazer minha, / Estou pensando como... Não pode me deixar agora / Fique comigo de alguma maneira / 


Bom, vemos (como sempre), um personagem apaixonado por alguém. Mas, dessa vez, não é ele que sofre(!!) e sim a sua amada. Ele diz que "é de onde a mágica está". Essa parte, será explicada depois, que, eu já prestei bastante atenção nisso, nas letras de Sonata muitas vezes uma parte do começo da música, o verdadeiro sentido é exposto depois. 

Você veio de onde o fogo é / Deu-me o que não podia queimar pela última vez / Um dia sem Sol e Lua / Quero ficar muito perto de você / Ver quaisquer cicatrizes que você carrega em seu coração partido, / É minha a parte que falta / 

"Você veio de onde o fogo é", ela veio do "fogo", ela queima por dentro, sofre é agitada. Ela tem um dias sem sol e sem lua. No primeiro verso, ele diz o seguinte "Vou te dar o que eu não posso levar comigo/E o dia ensolarado e a Lua." Ele poderá trazer a felicidade a "luz" para ela, *veremos isso nos próximos versos*. Nosso rapaz, quer ver as cicatrizes  da moça e diz que a parte que falta no coração dela, pertence a ele. É uma verdadeira promessa de salvação (♥).


Venha comigo, onde a mágica está / Podemos compartilhar mais do que luz / Podemos unir o Sol e a Lua se você quiser / 
Aqui, ele continua suas promessas, diz que juntos poderiam unir o "sol e lua", com a mágica. A mágica, na minha interpretação, é o amor. Ele diz que "é de onde a mágica veio", pois ele a ama, e poderá fazê-la feliz com o seu sentimento. 



Seja minha (corda de salvamento) nessa vida — *Tradução bugada* / Sofrimento e prazer para sempre e sempre / Eu gostaria de ver as paredes em volta do seu coração caírem... / Pare de resistir, deixe a luz entrar / Sofrimento e prazer para sempre e sempre / Por essa vida / 


Bom, na tradução de "lifeline" ali, virou "corda de salvamento", mas, procurando um pouco na internet, essa palavra também pode ser traduzida como "destino". Ele diz que gostaria de ver a "armadura" dela cair, no caso, as paredes do seu coração. A moça resiste ao seu amor, mas ele ainda tenta trazê-la para perto de si. "Pare de resistir, Deixe a luz entrar", isso pode ser entendido assim: "Pare de resistir, deixe meu amor te salvar".

Deixe eu te levar onde a mágica está, voltar no tempo / Lembre-se da luz, da frígida lua de Dezembro / 

Aqui, percebe-se que eles já tinham um relacionamento (*-*). Ele pede para que ela lembre-se de como as coisas eram antes, volte no tempo, lembre-se de como o amor dos  dois era lindo como a frígida lua de Dezembro(♥). Sonata e sua mágica



Quero um beijo silencioso, quero te fazer minha, / Eu acho que você não pode me deixar agora / Fique comigo de alguma maneira / Fique comigo de alguma maneira / Venha comigo onde a mágica está / Podemos compartilhar mais do que luz / Podemos ter o Sol e a Lua / 


Como ele já estavam juntos, ele não quer vê-la ir embora. Quer de todo o jeito que sua companhia e paixão a envolvam, salvando a moça de todo o seu sofrimento.


Seja minha corda de salvamento nessa vida  / Sofrimento e prazer para sempre e sempre / Eu gostaria de ver as paredes em volta do seu coração cairem.. / Pare de resistir, deixe a luz entrar / Sofrimento e prazer para sempre e sempre / Por essa vida / Seja minha corda de salvamento nessa vida /
Sofrimento e prazer para sempre e sempre /
Pare de resistir, deixe a luz entrar.. oh oh .. /
Por essa vida  / 

 [♥] Nem precisa explicar essa parte neh? xD
Estou sentindo seu rosto no escuro / 
Estou escutando sua respiração no escuro / 
Estou sentindo o gosto dos seus lábios no escuro / 
Estou te abraçando firme no escuro 

"No Escuro" título da música, remete à escuridão em que a moça está envolvida. Aqui, eu acredito que seja as tentativas dele de salvá-la. Ele diz que sente seus lábios, sua respiração, abraça-a, tudo para tentar tirá-la de lá.  É o apoio dele à moça.


Vou te levar onde a mágica está / 
Vou te dar tudo o que tenho e posso oferecer / 
Você pode ter minha lua partida da meia-noite / 
Se você me der seu coração partido / 
E eu vou te dar algo real e dourado / 
Podemos fazer dessa vida a arte mais fina? 


Ele se entregará por inteiro, apenas se ela deixar-se levar por seu amor. Se ela entregar o "coração partido", ferido. Algo "real" e "dourado", a cor dourada é brilhante, viva e cheia de vigor, é o que o sentimento dele carrega, e é real. A "arte mais fina", algo belo e esplendoroso.
Eu venho de onde a mágica está  / 
Vou te dar o que eu não posso levar comigo / 
E o dia ensolarado e a Lua  / 
Quero ter um beijo silencioso, quero te fazer minha,  / 
Estou pensando que você não pode me deixar agora / 
Fique comigo de alguma maneira / 
Estou sentindo seu rosto no escuro / 
Estou escutando sua respiração no escuro / 
estou sentindo o gosto dos seus lábios no escuro / 
Estou te abraçando firme no escuro.

A música termina com os mesmos versos anteriores. A moça continuou a resistir, não sabemos se ela aceitou as suas promessas ( :/ ).Infelizmente, não é uma "história" como a de The Misery, que ele conta a dor até a sua superação. Eu acho a letra dessa música linda, ela é calma, e a voz do Tony deixa tudo mais perfeito.
Botei o título In The Dark — "Só o meu amor poderá te salvar", pois eu acho que essa frase resume um pouco da música ♥




Linguagem do corpo

Os olhos voltados pra cima A boca seca Os lábios trêmulos  Os dedos que se fecham Meu corpo denuncia O que a palavra não r...