sábado, 29 de março de 2014

#Divino Mal


Sombras constroem o meu castelo
Eu grito contra o vento
Sou fruto do fogo
Azul, ciano flamejante

Deixo meus clarões azuis
Aonde quer que eu passe
Não estou em nenhum lugar
Mas, meus pés já pisaram todo esse chão

Queira ver, estou aos avessos
Sou o caos, o raio que te destrói
Posso ser um mandado dos deuses
Ou posso ser um deles

Meu riso, meu ousar
Estrondo pelo mundo
Sou a luz anil, posso ter a escuridão
Posso ser tudo o que você ousar imaginar.

___________

Nada melhor que o Sebastian ♥ 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Criança liberta

Queria ser criança liberta Criança nascida do verde louro Que grita aos sete ventos E pula de pés descalços  Sobre a terra ...