domingo, 29 de junho de 2014

- "Como uma teia de aranha..."



“Secar as lágrimas e lamentar, no que isso realmente ajudará? Até mesmo os mortos conseguem permanecer parados e sem se mover. Mas eu estou vivo. Eu continuo de pé com minhas próprias forças. Se eu morrer um dia, então será melhor não morrer com arrependimento. (…) Mesmo se forçado a permanecer a beira do desespero,eu irei agarrar com força na menor chance como uma teia de aranha. Nós, humanos, temos esse espírito forte. Embora agarrar-se ao fio ou não depende da personalidade de cada um.”
         - Ciel Phantomhive

Nenhum comentário:

Postar um comentário

meio a meio

Nunca tive cara de nova, muito menos de mais velha, sempre um meio a meio... Ou uma normalidade insossa. Minhas palavras nunca ...