terça-feira, 22 de julho de 2014

- " Antigos olhos inocentes..."













Certos dias, sinto-me tão sujo
 O meu pudor,
A minha inocência
Se foi, assim que conheci o mundo
Tudo me foi apresentado
Numa avenida de luzes vermelhas
Onde a vida era escrita através da dor
Conheci pessoas ali;  
Silhuetas desfiguradas, 
Os fantasmas seguindo seus passos
E algumas máscaras,
Que sempre teimavam cair.
Eu não sabia de todo perigo
Era Menino dos olhos inocentes
Não sabia que os sentidos falhavam
E as tentativam seriam em vão
A avenida sempre pareceu tão estreita
Mas, tão amarga - tão vazia.
Minha caminhada sempre foi tão solitária
E, meus olhos, nunca voltaram,
À mesma pureza  de antes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aesthetic Personagens Originais

Faz algum tempo que eu gostaria de aprender a fazer Aesthetics. Comecei a pesquisar por cores e consegui montar alguns e me senti satisfeit...