quarta-feira, 30 de julho de 2014

- "Choques..."












Estou totalmente sem ideias para post's, afinal, como já disse trocentas vezes, perto das provas já. Fico cansada, sem ideias e criatividade. Hoje, que eu tirei um tempinho para assistir DMMd e Love Stage, dar umas risadas, vê personagens lindos sempre acalma, né? 


Chatiadíssima, eu acho que perdi metade do meu projeto N.D... Passei um tempo com ele parado,sem escrever, agora o arquivo que estava salvo não quer abrir :(  Fiz com tanto carinho :( E, acho que não vou ter tempo de repor o que eu perdi :( Porém... Estou feliz que só faltam algumas linhas para terminar G.R, estou penando nesse último capítulo. Um livro, projeto, sei lá.É algo que eu amo. 




Não sei, estou me sentindo um pouco estranha esses dias. Com dúvidas em relação a tantas coisas. As certezas da vida, o comportamento das pessoas ao meu redor, sobre meu comportamento, sobre "divino", sobre tudo. Gosto de ficar só, com meus pensamentos, mas tudo parece tão confuso de vez em quando, que dá um nó na minha mente. Mas, ainda aprecio MUITO estar sozinha. Sábado começam as provas, e eu preciso esvaziar minha mente, coisa que, na prática é impossível. Bate aquela vontade de sumir do mundo, sair por ai andando, sem rumo, sem ter hora pra voltar. Comprar tudo que ver pela frente, sair abraçando todos que conheço e gosto, ficar sozinha, o tempo inteiro. Afastar-me, estar perto. Não consigo lidar direito com essas minhas ideias tão divergentes. Uma hora é um sentimento, outra hora é outro. Tudo entra em choque. Esse blog tá muito patty, agora, já estou com vontade de mudar... Para o azul. Bom, vai permanecer assim mesmo. Nada, Nada, sou incompreendida e compreendida por mim mesmo. Ora sim, Ora não. Queria parar e sumir. Queria fugir e viver, sem mais nada para me incomodar. Só isso. Pareço aqueles românticos bobões falando. Nossa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Criança liberta

Queria ser criança liberta Criança nascida do verde louro Que grita aos sete ventos E pula de pés descalços  Sobre a terra ...