domingo, 3 de agosto de 2014

Consoada - Manuel Bandeira



"Quando a indesejada das gente chegar
(Não sei se dura ou coroável),
Talvez eu tenha medo.
Talvez sorria, ou diga:
- Alô, iniludível!
O meu dia foi bom, pode a noite descer.
(A noite com os seus sortilégios.)
Encontrará o campo lavrado,a casa limpa,
A mesa posta,
Com cada coisa no seu lugar"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Imagem

Há uma imagem de mim Há uma imagem de ti Há um sentimento de nós O encontro, onde está o confluir? Um pedaço aqui O...