quinta-feira, 7 de agosto de 2014

- "Todo o meu querer..."












- Quero encontrar-te em um botequim
e esquecer o correr das horas
sentido o doce cheiro de café,
* combinando com a acidez da tua voz * 
- quero definir-te em meu corpo
sinuoso corpo; em uma tarde fria
* esquentando-se no calor nosso *
aquilo que somente nós dois poderíamos decifrar.
- quero perder minha sensatez e,
depositar toda a minha razão
* em uma caixinha escura * 
e escondê-la debaixo dos nossos lençóis. 
- quero experimentar-te só meu
* ter-te só meu
será que posso resistir? 
Meu bem, espero-te aqui
- com meu amor imensurável,
como um louco entusiasta
* que sonha realizar
todo o seu querer.


- Queria saber de onde tiro tantas ideias sobre amor. Amanhã acabam as provas! ô/




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Just another day...

Oh, eu aceitaria umas duas ou três Ou outras maneiras de viver Mas hoje eu não vou ser tão dura comigo mesma Eu vou caminhar so...