quarta-feira, 12 de novembro de 2014

- Insurgir




Surgi sobre as luzes vermelhas,
Como os últimos raios,
das tardes de verão.
O fim de tudo,
Aparecia-me como preludio,
do inicio, no berço.
Desapareciam as chamas,
Caiam os disfarces,
e Eu, crescia das cinzas.
Agora, pareço tão quente
Quanto as chamas,
Que trouxeram-me de volta.
Tão brilhante,
Crepitando em tons azuis
Um caminho de lumes cintilantes.



2 comentários:

  1. Adoro a combinação do vermelho com o azul... Especialmente em poesia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adoro fazer combinações de cores em meus poemas... vermelho então... evoca vivacidade :3
      muito obrigada pela sua visita AiA

      Excluir

Just another day...

Oh, eu aceitaria umas duas ou três Ou outras maneiras de viver Mas hoje eu não vou ser tão dura comigo mesma Eu vou caminhar so...