Planície escura




O que sairá dessa natureza enterrada?
De onde sairão as flores que eu semeei,
E reguei com amor,
Da maneira mais singela e cuidadosa que pude?
Quando sairá de mim,
O suor dos meus negros olhos
Que encaram esta planície escura
- e esperam por verdes louros?
Senti que poderia ter o mais belo paraíso,
Exalando perfumes que me acalentariam
Nos dias mais cinzentos
Porém, a planície continua a mesma.
Será que não foi amor o suficiente?
Ou, será que escolhi as sementes estragadas?
Talvez o tempo não quis me ajudar...
Sei que a primavera pode um dia chegar,
Espero até lá, conseguir,
Esperar por todas as flores que eu semeei
E poder abraça-las, senti-las
Com todo o carinho guardado
Ainda nos meus mais puros sonhos;




Tudo tão frio... Vazio... Escuro. Estou retornando ao meu estado de antes?
A foto de capa já foi postada qui antes, acho que no ano passado... Porém, acho ela tão linda, mas tão linda, que preciso postá-la novamente.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mais do que paixão - Albafica de peixes ♥

- Mais do que paixão: Personagens masculinos com cabelos longos! *-*