sábado, 1 de novembro de 2014

Sonhos.



O dia parecia tão claro,
As nuvens confundiam meu sentidos
Tanto que eu alcancei,
As formas mais perfeitas.
Meu corpo se erguia no alto,
Alto e leve sonho [sono]
Morro de sonhos.
Pés descalços,
Corpo sobre as pedras
Nunca pensei que,
O escuro parecia tão raso.
O azul do céu desapareceu,
No horizonte,
Cada vez mais longe
minhas mãos,
Não mais alcançavam as nuvens.
Acordo.
E o céus agora parecem tão cinzas,
E, suas formas nunca estiveram
Tão imperfeitas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Just another day...

Oh, eu aceitaria umas duas ou três Ou outras maneiras de viver Mas hoje eu não vou ser tão dura comigo mesma Eu vou caminhar so...