terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Prosa do dia + Poema "Espelho"

Estou na onda dos Trapiru ~~

Depois de algum tempo sem mexer neste blog, quis fazer umas mudanças básicas aqui... Coloquei umas cores mais alegres e pastéis, além de meu trap favorito como Tema, Lady Phantomhive *-* Meu blog está com cores de doce, se tivesse cheirinho, seria de Melissa (o sapato) rsrss.

Bom... Final de ano chegando e todas aquelas mesmas cerimônias de sempre... Natal, Ano Novo, Família, blá, blás... Aqueles mesmo discursos que eu prefiro me manter longe, mas fazer o que se as pessoas continuam a acreditar, não? Pra mim, Natal só serve para comer, e olhe lá, algumas coisas eu até corto. No momento eu estou aproveitando um pouco para ler mangás, terminar os livros "atrasadidíssimos", assistir filmes, enfim... Ficar na preguiça... Além de escrever projetos 'atrasados', mas estou adiantando algumas coisas. Quer dizer, está bem difícil aqui em casa... Toda a família, além de festas de fim de ano, fica um barulho sem fim, e a concentração simplesmente foge, mas... Certos momentos são até bons. Estou tentando aos poucos controlar minhas ansiedades, descarregando em coisas que gosto de fazer, e está dando certo. Às vezes me pego pensando em situações ruins, aquele pessimismo de sempre, mas logo fujo e implanto pensamentos bons, confortáveis.


Espelho

Além do preto ou do branco
As cores que se manifestam aqui
Transparecem-se do outro lado
O espelho, que nos separa - ou une?
Sentir as tuas mãos nessa superfície lisa
Faces de um mesmo quadro
Completamo-nos em sintonia 
Incerta - ou contrária
Capturamo-nos através desse frágil espelho
A luz que te reflete para mim
Seria a minha face?
- Seria a tua face?
Talvez, seja a nossa alma.



Seria isso epifania? Acho que não. Eu estava escrevendo esse post, quando, DE REPENTE, veio uma frase em minha mente e saiu esse poema... Que coisa doida? Será assim com poetas? Poemas feitos em momentos de ... Sei lá... Transe? Que louco.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Imagem

Há uma imagem de mim Há uma imagem de ti Há um sentimento de nós O encontro, onde está o confluir? Um pedaço aqui O...