terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Verso de honra



lá se vão os guerreiros
de mãos unidas
nesta noite gloriosa.
os sorrisos se fazem nas ruinas
e nas desgraças
que enfrentam no dia a dia.
podem ter a dor,
e as marcas
atadas em brasa
- é a gloria clamada em suas almas


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chamam meu nome?

Entendo aquele olhar Chamam meu nome lá fora? Entendo aquele toque Chamam meu nome lá fora? Não há futuro para mim aqui dentro Não...