segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Ciano flamejante.



Nos extremos da noite
suas máscaras estão à solta
ele está ali, a espreita
abaixo das sombras
andando entre as esquinas
à procura do seus prazeres
- perdido.
garoto, tuas pegadas vibram
estirando-se nas avenidas
deixando rastros de chamas
por onde passa.
ares violentos, ludibriosos.
menino, teus olhos
têm lumes azul-ciano
que iluminam e estremecem
todas as almas esquecidas
- desta cidade.


Yato-chan, porque sim <3



Nenhum comentário:

Postar um comentário

PERDÃO

Eu deveria pedir perdão A mim mesma. Pelas histórias inventadas Os sentimentos perdidos E as palavras mal explicadas Eu deveria p...