segunda-feira, 2 de março de 2015

- Sangue.



sangue - estanca dos teus olhos,
corra, corra, antes que cheguem aos teus pés,
fechem as portas,
antes que todos entrem.
estivera por aqueles estranhos caminhos
chegaste aqui - estará em paz? 
ninguém pode nos ver,
sentir ou ouvir - talvez, seja melhor assim.
querem teu sangue,
tuas palavras,
usurpar as tuas sombras,
corra, corra, antes que não sobre mais nada.
estranhos aqueles que te estranham,
aqueles que te veem e, escarnecem,
ousam e desconhecem
o torpor do teu sangue.


2 comentários:

desculpe, querida

desculpe, querida se minhas palavras são incontidas se meu toque te abomina se o meu sorriso e o meu corpo não são o suficient...