segunda-feira, 13 de abril de 2015

insanidades, bagunças e mudanças de fases


13/04/2015, goldemoon
00:26
anotações de alguém que mal sabe onde está (ou onde deveria estar. tanto faz, tanto fez )

@lista de pensamentos insanos da noite (moon realmente não está bem hoje). 

coisas que eu tentaria fazer se estivesse bem doida, ou se tivesse disposição para fazer (mas não.)

** procurar algo para me apaixonar (ou viciar) como todo mundo faz.
pode ser um diretor de filme, algum escritor, gênero literário, cantores, enfim... algo que tente me definir
(será possivel?)

** conceituar um estilo (goth,emo,strange,boho)qualquer merda que tente me definir 
(será possivel?)

eu até poderia criar tudo isso. fazer uma identidade mascarada, oprimindo-me. extinguindo a mim mesmo.

 até poderia tentar "arrumar" a bagunça daqui de dentro. 
mas, será possível, moon? 

eu posso tentar esconder o que eu tenho aqui? tentando mascarar em estilos que tentam me definir e encaixar em um ser que jamais existiu aqui dentro?! 
deixar sua bagunça se extinguir e enfim... 

deixar de ser quem tu és! realmente, podes mesmo? 

e se, alguns seres fossem assim?! e se esses tentassem se pôr em coisas que não são?! 
e tentassem te dizer; você! você deve ser sempre o mesmo!

talvez, eu já faça isso.  
talvez, poderia ser "isso" ou "aquilo".

talvez (talvez mesmo, não sei) eu seja uma mistureba, a bagunça de tudo. 
e nunca consiga arrumar, quer dizer,

se, talvez - algum dia - eu queira me arrumar.
_____________________

esses dias estou com a cabeça virada ao avesso. sentindo falta do sentir, tocar, chorar, viver! é viciante. 
será que as palavras fazem isso por mim?




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chamam meu nome?

Entendo aquele olhar Chamam meu nome lá fora? Entendo aquele toque Chamam meu nome lá fora? Não há futuro para mim aqui dentro Não...