quarta-feira, 15 de abril de 2015

dias de flores.


Lá se vão os dias de pedra,
sentes esta luz? 
- são os raios que anunciam,
podem vir! 
- é a chegada, em triunfos,
 dos dias de flores 
a relva viva cresce,
renascem as flores, aqui dentro
e lá se vão os dias, 
em que não se via a cor
e os cheiros
da vida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

meio a meio

Nunca tive cara de nova, muito menos de mais velha, sempre um meio a meio... Ou uma normalidade insossa. Minhas palavras nunca ...