segunda-feira, 29 de junho de 2015

.abismo

 
subimos, subimos
enquanto sorrisos e lágrimas
cruzam nossos caminhos
saltamos em frente, caímos e
levantamos antes que rebente
quando, acima, mirante
deparamos, sobre nossos pés....
apenas uma pilha de cartas
que desmoronam ao primeiro sopro dos deuses


Nenhum comentário:

Postar um comentário

poesia e prosa para esvair

O toque O cheiro, a sensação Os nervos que se estressam Os sentimentos que sobem à minha cabeça É sempre igual Seja ...