sexta-feira, 7 de agosto de 2015

.chamas eternas




Vejo chamas a cada ponto
O céu brilha, lumes tons de ciano
Em transe,
Mal sei que do meu corpo, 
O fogo Assoma
A luz da lua foge ao meu encalço
Ao fundo, a musica espera,
Seus cânticos são tão gentis...
O anjo, observa-me a sorrir:
És um sádico?
E eu consumo-me
Em chamas.
Nem a lua
Nem a musica
Nem o anjo...
podem aplacar a minha loucura:
Compactuam com ela.

 

2 comentários:

  1. Os anjos... Eles não são bons... São soldados. Às vezes obedientes e (quase) sempre crueis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é.. Antes eu acreditava neles como mensageiros do bem... Hoje, temo... Todos eles.

      Excluir

poesia e prosa para esvair

O toque O cheiro, a sensação Os nervos que se estressam Os sentimentos que sobem à minha cabeça É sempre igual Seja ...