segunda-feira, 23 de novembro de 2015

.fenda



Prezo palavras que me rasgam por dentro
Aquelas que me sugam dos pés a cabeça

Tiram-me do chão
E, nas linhas finais,
jogam-me contra a parede.
Palavras que respiram e expiram intensidade
Transparecem
Tudo que tens aí dentro



2 comentários:

Linguagem do corpo

Os olhos voltados pra cima A boca seca Os lábios trêmulos  Os dedos que se fecham Meu corpo denuncia O que a palavra não r...