quarta-feira, 4 de novembro de 2015

.indefinido




nunca me senti tão carente quanto nos últimos dias
talvez precise de alguns abraços...
eu os recebo, mas não parecem tão acolhedores pra mim
meus sons favoritos não me confortam
nem aqueles olhos,
nem estes sorrisos.
meu conforto é outro, 
mas eu ainda não sei qual é


4 comentários:

O estranho

Todas as noites Uma névoa de letras E palavras soltas Entre nós e caminhos Feitos e desfeitos Debatem entre si E nesta pe...