sábado, 30 de janeiro de 2016

Prosa do dia 30/01/2016

 
 
    Como vou (re)iniciar os estudos na segunda-feira, não estarei tão ativa nos próximos dias. Percebi que meus post's estão um pouco mais escassos e acho melhor assim. Por enquanto, estou tentando suprir a carência de minhas estorias, terminando de escrever um especial de GR e dando continuidade a outra fic. Lembro-me que eu costumava postar muitos trechos das minhas fics aqui no blog, mas de uma hora para outra resolvi apagar tudo que estava aqui. Eu não tinha muita confiança no que escrevia, e em um momento resolvi que ninguém poderia ler aquilo. Hoje, sei que amadureci a escrita e sei que nada sai perfeito. Edito, acrescento e depois de algum tempo consigo me satisfazer. Faço o que eu posso e, claro, quando estou inspirada; às vezes tenho alguns bloqueios criativos e simplesmente não consigo escrever nada! Fico ansiosa, mas sei que é algo passageiro. Horas ou dias depois estou de volta ao "trabalho".  
   A escrita sempre foi um refúgio e comecei a fazer poesias nos primeiros estágios da adolescência. Aos doze anos eu já escrevia alguns versos e aos quinze comecei a escrever minha primeira estoria, que se tornou meu grande amor. Minha linda paixão, tão adolescente e carregada de muito sentimento. Foram folhas e mais folhas de cadernos escritas e hoje está na internet. Eu sei que ganhei um pouco mais de confiança e recebo toda crítica com grande prazer. Esses dias resolvi que deveria me apartar dela, mas dois dias depois já completava meu especial. É difícil deixar uma paixão, não? Pretendo postar um material final aqui, mas só quando eu terminar.
    Tenho projeto em andamento (não sei quando irei terminar, nem postar), mas a primeira sempre será o xodó. O personagem principal da segunda estoria parece um alter-ego meu e me divirto muito durante a produção. Adianto: contém demônios e muito Yaoi, me atrevi até fazer um lemon(+18). Quando escrevi GR sentia *vergonha* de fazer lemon, mas hoje... Penso até em fazer alguns especiais para postar aqui no Blog, tenho um prontinho! rsrsrs Não postei no NYAH! porque tinha que finalizar a estoria, mas o importante é que eu consegui fazer. Consegui quebrar esse tabu aqui dentro e me dizer que não há nada de errado nisso.
       Não garanto conseguir produzir (tanto estorias, quanto poesia) durante o período de aulas. Agora vou conhecer um semestre de verdade, então minhas atenções estarão voltadas para os estudos. Mas, apesar de tudo, naquele ambiente também há um pouco de inspiração...

Falando nisso... Atualizei minha página de fics :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Linguagem do corpo

Os olhos voltados pra cima A boca seca Os lábios trêmulos  Os dedos que se fecham Meu corpo denuncia O que a palavra não r...