segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Pequenos segredos


Voam, em divina majestade.
Voltam ao azul que te pertence

- Carregam segredos escondidos; (in)contidos
Nos segundos,
No bater leve dessas pequenas asas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chamam meu nome?

Entendo aquele olhar Chamam meu nome lá fora? Entendo aquele toque Chamam meu nome lá fora? Não há futuro para mim aqui dentro Não...