terça-feira, 22 de março de 2016

Poeta



No entoar dos teus próprios versos
Apaixona-se sozinho
Nesta noite fresca de inicio do outono
As luzes pequeninas das estrelas
Acompanham tua voz suave de manso menino
Logo este teu coração
Acostumado a ser tão sozinho..
Sorri, mesmo que para si
Abraçado aos versos soltos...

Este mundo pertence aos poetas
Saibas disso:
Nós os criamos, nestas pequenas estrofes
E eles, ingratos,
Rejeitam-nos.
Mal sabem que negam suas próprias belezas
Cantadas nestes lábios de sonhador.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opacidade

Sempre estive entre as luzes, Procurando por mistérios E contendas que nunca foram minhas Os corredores, Antes iluminados p...