segunda-feira, 4 de julho de 2016

Sobrevivência



Todo aquele corpo sobrevive entre as frases
Está bem vivo? Sim.
Entre os papéis todos juntos
Vejo-o por inteiro
Todo seu passado
E o seu presente.
Leio-o por inteiro
Despido entre as folhas jogadas ao chão
Está aqui, em meu leito.
Em meu peito.
Sem pudor
Leio-o como quero,
Como sempre quis
Extraindo o prazer que jamais senti
Meus olhos deitaram em teu corpo
Entre as linhas... Em meus braços.
Não o descrevo,
Respeito tuas feridas
Quero apenas ler o teu corpo
Ver as cores das tuas palavras sobre o assoalho
Jogados em meus braços
E em teus versos...


2 comentários:

Momento difícil

Difícil perceber o momento em que não vê ninguém pra desabafar. Ninguém parece te compreender muito bem. Ninguém demanda teu tato ou te...