sábado, 24 de setembro de 2016

Doma-me a poesia



Quando a mente cansa
Doma-me a poesia
A palavra nada preguiçosa
Mansa
Cruel e desatina
Que tira meu corpo do eixo
E recarrega a força no peito
Quando o corpo desaba
Sobram as palavras
Pairam no ar feito folhas ao vento
Redemoinham e acendem meus desejos
E meus braços emergem do chão frio
Crente de que pode com todos os ínfimos ensejos

Meus olhos seguem as luzes
Pouco sabe pra onde vai
Mas sei que quando me canso
Doma-me as palavras
Os versos entre as estrelas
A poesia no céu e no luar,
Na terra e no dia de sol morno
Que me emergem e iluminam
Tratando de me descrever
E edificar.

- G.MOON

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Perfect Illusion



Tudo não passa de uma ilusão
E, no final, sempre estaremos sozinhos. 
Esse é o êxtase moderno


A cada dia que passa eu amo mais a Gaga. :3

- G.MOON

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

A divina dança


Na noite estranha
De meados de setembro
Ela dança entre os sete mundos
A mulher cheia de divindades
Dona de seus monstros
Seguida pelos anjos
Caminha a passos bem ritmados
Entre o fogo e o céu
No limiar entre o dia e noite
Nos raios de sol que cortam as nuvens
Enquanto a lua desponta brilhante no céus
Ela louva a sua própria loucura
Ela dança
Dança!
Curando sua dor 
Sim, ela chora!
Chora por ser imensamente divina
E ter todos os seus bens
E seus males
Em suas próprias mãos calejadas.

-G.MOON

domingo, 11 de setembro de 2016

Prosa do dia 11/09/2016



Mudei os ares do blog inspirada em paletas de cores mais suaves, com um toque leve de tons escuros. Como já disse certa vez, o estilo do blog é quase -idêntico- às cores do meu humor, então, estou leve, mas ainda cheia de temores por aqui. Sempre projetei meus humores em cores e sei que estas podem se encaixar bem. Eu ainda não consegui alcançar o almejado equilíbrio, mas é uma luta constante.Ontem me sentia tão mal que fazia as coisas com muito esforço e quase explodi em todos, mas me controlei. Não devo, de jeito nenhum. Entretanto, hoje acordei um pouco mais leve...  Mas cheia de pensamentos e dúvidas em minha cabeça. A propósito, consegui diminuir meus pensamentos agressivos. Faz algumas semanas que fiz u post sobre como estava me sentido mal, confusa e extremamente pessimista, invadida por pensamentos tóxicos. Entretanto, hoje consegui controlar estes pensamentos [aparecem de vez em quando], e estou me sentido mais leve. Só que... É como se um certo espectro pesado ainda pairasse por aqui, e eu acho que sempre estará aqui.

Faz alguns dias que não produzo poesias, por enquanto, estou conseguindo controlar algumas coisas sem precisar expor em palavras. Por enquanto.


-G.MOON

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Lua crescente




Aos pés da lua crescente
Eu escrevo a minha prece
Esta noite é tão longa
E o infindável sentimento do desfalecer domina 
Os sentidos falham
E a luz divina da lua toma esta oração
Contra os meus desencantos
Aos pés da lua crescente
Eu me torno vida em ascensão 
Eu maturo estes pensamentos de projeção
A lua, o astro divino
Nunca foi tão cheio de vida
O meu corpo desfalece
Desmantelado em tamanha energia
E as palavras fluem
Enquanto eu dito esta prece.

-G.MOON

Psicodelia e defesa



Talvez as cobras estejam certas
O sibilar e o bote não são parte apenas da psicodelia dos sonhos
Cada cômodo pode ser um ambiente de caça
Cada cor pode ser uma ameaça 

A angustia aflige meu olhar
E meus instintos também rastejam
E,talvez, as cobras estejam corretas
É apenas a minha defesa

O céu la fora, la no alto
Parece tão fresco
O azul convidando-me para sair e amar
Mas as cobras podem ser noturnas
Taciturnas, quietas
À espera do bote
E, digo, elas podem estar corretas



Sonhei com cobras estes dias... E não paro de pensar nisso.
-G.MOON

Perfeita Ilusão*



As formas da realidade
Todas estas representações em formatos simétricos
E luzes bem distintas
Enganam meus sentidos!
Este é o mundo?
O meu eu-real?
Ou apenas uma ficção dos meus anseios?
As formas se desmancham em instantes
E remontam-se em meio-segundo
Tudo volta ao curso 
Permaneço à margem da certeza
Forçando meus sentidos
Ou deixando todo o meu corpo?
Oh, céus! Onde estou?


*Perfect Illusion-GAGA
-G.MOON

Chamam meu nome?

Entendo aquele olhar Chamam meu nome lá fora? Entendo aquele toque Chamam meu nome lá fora? Não há futuro para mim aqui dentro Não...