terça-feira, 22 de novembro de 2016

Afeto




Tudo bem, eu estou bem.
Podemos sentar aqui 
Conversar sobre nossos infinitos universos
Sentir a energia vinda das estrelas 
E procurar as rasuras da lua
Tudo bem, estamos bem.
Tomamos uma taça de vinho
Apenas uma
Sentimos o cheiro da terra
O sereno invadindo nossas almas
As nossas mãos entrelaçadas
Tudo bem, ontem eu queria ter ver entre nós de ferro
Mas, hoje, eu preciso conversar
Preciso entender os sentidos do rancor
Todos os tatos do amor
Amanhã podemos estar distantes
Eu não procurarei por ti
Tudo bem, te juro.
Apenas fique aqui: compartilhe seu universo comigo...
Longe de tudo que possui sentido.

-G.MOON
-G.MOON

2 comentários:

O estranho

Todas as noites Uma névoa de letras E palavras soltas Entre nós e caminhos Feitos e desfeitos Debatem entre si E nesta pe...