sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Nova luz



Depois de todos os anos mal vividos
De todas as alegrias contidas
Os sorrisos "amarelos"
Os choros e as letras entre as páginas coloridas
Jamais vivi tal momento de clareza
Em tamanha lucidez que me embala
Nesse meu mundo cheio de incertezas
Não sei se é a idade que chega
Nem se a flor que já se desabrocha
Mas todas as rotas me parecem diferentes
Os caminhos ganham novas cores
Meu olhar está, enfim, sob outra luz

Amanhã eu não sei o que virá
As vozes já são outras
Os ventos já não me assombram mais
Nem as sombras que, agora, deram-me as mãos
As lembranças de outrora, do tempo que o choro se escondia
Ainda me seguem aqui, sobre as fendas do passado
Nos sonhos que jamais abandonarão meu caminho
E nos desejos que carregam estes passos fracos
Panos desgastados e retalhos, eu ajudo a me costurar
Há jeito... Há jeito, sim....

Estou sob nova luz
O castanho tão escuro dos meus olhos pode brilhar mais uma vez
Eu sei que sempre me terei sozinha
Sabendo que nem todos podem me acompanhar para sempre
E que a vida me impunha rasteiras
Mas eu me refaço
Me enrolando em outros passos
Sob os caminhos desta nova luz

-G.MOON

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

A besta





Os versos esquecidos que jamais voltarão 
As palavras mal ditas amargam a minha boca
Como fel lúgubre e insosso arruinando os meus dias
Rasga os meus pensamentos 
E torna minha mente um poço de insanos maldizeres 
Destruindo-me de dentro: 
Tragam-me a besta que estanca este sangue


-G.MOON

domingo, 22 de janeiro de 2017

Reflexões...


"Sou apenas um instrumento da espécie que rolou na esteira do tempo até hoje sem saber o que fazer e para que veio ao mundo. Sem afeto, só e distante."
Carlos Tavares de melo - Prelúdio a Conessa (Fábulas da febre)

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Ruínas



Eu me encanto pelas fotos das cores do mar
Os tons das serras e os sorrisos a encerrarem a festa
Os pés na areia e a rede a balançar
As imagens soltas
Eu me prendo a contemplar...
Enquanto meus pés se assentam nestas ruínas
Fitando os passos alheios
Procurando saber o que há de tão estranho
Nesta vida pacata
Que parece tão ao avesso tanto quanto podem imaginar
A minha solidão não está tão exposta
Realmente, ela não precisa de festas, nem de cura
Seja aqui ou lá, naquelas imagens tão bonitas
Nos sorrisos a frente das máscaras
Eu encaro os olhos brilhantes
As cores do mar e das serras
E há tanto do sofrer
Eu ouso em imaginar
Pois não há vida tão perfeita
Que sorrisos possam de acobertar

G.MOON

sábado, 14 de janeiro de 2017

Movimentos




Não pare, enquanto eu permanecer aqui
Movimente-se, mas não fuja dos meus olhos
Enquanto eu corro
Tudo se esvanece, quando o mundo para acima de mim
Eu preciso dos teus movimentos
Quando tua voz vibra sobre o ar
Quando os teus dedos se espalham pela entranhas 
Desta vida pequena e inerte
E meu corpo se embala por estes movimentos
Seguindo cada passo
Ganhando a sua própria luz
Liberte sua mente do branco que a ofusca
Apenas movimente-se 
Deixe que eu me aproxime de ti
Minha pele precisa destes toques
Seja em ondas sonoras,
Ou no tato dos teus pequenos dedos
Amanhã tudo poderá ser diferente
O movimento cria meu mundo
Modifica esta terra
Não pare, enquanto o amor permanecer aqui.

-G.MOON

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

I bow down to pray...


Eu escuto essa música várias vezes ao dia. Desde que o álbum JOANNE foi lançado, Million Reasons e Sinner's prayer têm sido minhas favoritas. Million reasons serve como meditação diária para me lembrar que... Apesar de todas as adversidades que nós possamos ter em nossas vidas, quando temos algo que amamos e vale a pena, não podemos desistir. Eu gosto da Gaga por milhões de razões (rs.), porém, quando ela canta, todo o sentimento da música perpassa meu corpo, através de sua voz. Principalmente agora no Joanne, acho que podemos encarar a sua dor, ao ouvir sua voz rasgando em quando canta "I bow down to pray" em "Million Reasons", ou "I gotta a diamond heart" em "Diamond Heart", implicando o seu valor. 
Ela canta o quanto sofreu no mundo da música, os abusos que sofreu da mídia e das próprias pessoas à sua volta, sua relação com amigos e família e o quanto amadureceu como mulher e artista. Muitos fãs podem não compreender, mas Joanne é sobre a mulher decidida e, ao mesmo tempo, frágil que luta pelo que ama. É sobre uma mulher que sobreviveu ao monstro da fama e agora quer cantar o quanto ama sua família, seus amigos, seus fãs e, principalmente, sua música. É a parte humana da Lady Gaga, a Stefani JOANNE Angelina Germanotta, mas sem deixar de ser de lado a artista que sempre foi corajosa e fora do conforto.

Desde 2010 sou fã dela e continuo apreciando seu trabalho. A cada era me surpreendendo mais. ♥

-G.MOON

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

As palavras...





Tuas palavras me permitem ter você aqui
Tão cheias de carícias
Como os dedos que se chegam
E arrepiam o corpo.
Estás do outro lado do mundo
Do outro lado da estrada
Em algum outro canto que eu não posso ver
Mas estas palavras te mantêm aqui
Crescem em pequenas sementes
Criando raízes e fortalecendo-se
Em todo calor apressado do meu frágil corpo
Eu não sei nada sobre o brilho do teu olhar
Nem como se entregas de corpo
Mas a tua alma
Tua bela alma - fortalece-se nestas palavras.
Eu prometo: vou guardá-las aqui
Protegendo-as em meu calor
Enquanto não estás perto de mim.

- G.MOON

domingo, 1 de janeiro de 2017

Feliz ano novo!

A imagem do Gato é aleatória, mas é fofa, então fiquem com ele ♥


Desculpem-me não fazer pelo menos um post de ano novo ontem, mas o dia foi cheio e não tive como me organizar pra postar algo aqui. Eu gosto de fazer o post no dia 31, mas... Vai no dia primeiro de 2017 mesmo.

Feliz ano novo a todos que seguem meu blog!

 Desejo toda felicidade e paz para este ano que chega.Em 2016 eu realmente tive a dimensão do que tudo isso aqui representa para mim e eu tenho certeza que este blog ainda vai me seguir durante toda esta difícil e tortuosa caminhada. Este blog não é somente um espaço para postagens de minhas poesias e gostos pessoais... É uma segunda parte de mim.


Obrigada a todos que tiram um tanto de seu tempo para ler meus devaneios....

-G.MOON

O estranho

Todas as noites Uma névoa de letras E palavras soltas Entre nós e caminhos Feitos e desfeitos Debatem entre si E nesta pe...