domingo, 19 de março de 2017

O que ele(a) sente.



Sabe quando você sente pelo outro? Quando você olha no rosto e consegue ler aquilo que o outro está sentindo e pensando no momento? Ou simplesmente deixa transbordar para dentro de si todo aquele sentimento? 
Eu sinto - eu sei - que ela está sozinha no momento. Ela está pensando o que fazer... Como agir? E o amanhã? Quando o sol vier novamente e veremos outras horas, minutos... Outros segundos? Quando todos te julgam e você incorpora estas palavras e trata-as como se fosse o maior e mais concebível julgamento do mundo? 
"Eu preciso fazer isso.. Eu preciso ser assim. Todos esperam de mim

E tenho medo!"

Medo do que pode ocorrer. De como reagirão. Do que virá depois de tudo... Se sobreviverá.
Tenho enxergado isso tanto em mim... É o irracional sentimento de ver o outro e sentir o que ele sente. Eu sou ele, eu sou ela. Somos um nós cheio de laços. Misturamos as nossas figuras.. E eu sei que teu choro está por vir. Eu sinto por ti, então permita-se chorar aqui.
Sei o quanto está cansada, o mundo e as pessoas, os males e seus julgamentos, eles estão a te engolir. És passiva. És paciente, mas levanta a cabeça... Vamos sentir juntos. 
O mundo não encara e encarcera tanto... 
Se chamares por mim.

-G.MOON

2 comentários:

O estranho

Todas as noites Uma névoa de letras E palavras soltas Entre nós e caminhos Feitos e desfeitos Debatem entre si E nesta pe...