sexta-feira, 10 de março de 2017

prosa do dia 10/03/2017 - sentido?



Às vezes eu penso que minha vida é vazia de sentido. Esse sentimento de esvaziamento vem justamente quando passo longos períodos sozinha ou quando paro meditar sobre qualquer coisa. Eu procuro algum motivo para lutar, alguém para me agarrar, ou qualquer desejo que venha de mim mesma e que eu sinta vontade de realizar. Fracasso, na maioria das vezes. Claro, eu penso em várias possibilidades, mas nada que me desperte um sentimento forte e intenso que me leve a agir. Universidade? Família? Amigos? Eu realmente não sei. Tudo me parece solto, vago, eu não consigo criar laços fortes com muita coisa... Sento, penso... Continuo em inércia. Muitas vezes penso em começar a procurar por aí, mas por onde começar? Já disse, procuro em mim.. Mas.. Nem aqui eu consigo encontrar.
Tem se tornado difícil, cada vez mais complicado encontrar algo pra me preencher. Eu me sinto apática a maior parte do tempo. É estranho absorver tudo e não sentir nada que me dê sentido.
É como se nada mais tivesse cor. Como se tudo fosse uma obrigação. O que eu faço hoje, na vida real, eu não sinto prazer.. Ando pra lá e pra cá e sempre parece que falta algo. Eu sei que eu preciso me mover, mas, já disse, não encontro algo que me impulsione. É difícil se encontrar, sentindo-me desconfortável com a vida que levo. Eu me sinto viva aqui dentro, mas sem saber pra quê... Por quê?
Não, eu não tenho uma doença grave. Claro, tenho alguns problemas de saúde, mas nada que me prejudique muito; Minha família não está passando por dificuldades, temos problemas, mas toda família possui; tenho poucos amigos, realmente, mas isso decorre da minha personalidade mesmo, eu já aceitei esse fato. O que me falta, realmente, são objetivos. Os motivos para me levantar e viver plenamente, sentindo prazer... Sei que tudo nem sempre vai ser como queremos, mas se eu disser que me sinto feliz com a vida que tenho hoje, eu estaria mentindo descaradamente.
Alguns dizem que deus é o motivo da sua vida... Mas, e se eu disser que não consigo mais acreditar fielmente em deus? Outros falam em crescimento profissional.... E se eu disser que nem sei se escolhi a carreira certa? A universidade vai voltar daqui a alguns dias e, sinceramente, eu não me sinto nem um pouco animada. 
Daqui a aproximadamente dois meses eu farei 20 anos. O que eu fiz de bom? Quais minhas realizações? Meus amores (ainda este dilema...)? Felicidades? Metas? Sei que sou nova ainda, mas em 20 anos podemos fazer muito. E eu tenho a impressão que não fiz nada. Parece precipitado procurar realizações aos vinte anos de idade, mas quando paro para pensar sobre tudo que já vivi, eu só enxergo momentos sem muita impressão. Eu não me lembro da minha infância (somente alguns pouquíssimos momentos), minha adolescência foi insossa e agora chego à vida adulta ainda sem saber muito bem o que fazer.
Fazer listas de desejos? Listas de objetivos? Nunca deu certo comigo. Acho que eu vou continuar vagando por aqui... Como um pequeno grão de areia em movimento pelas ondas do mar...

-G.MOON

2 comentários:

  1. Amadurecer é ver tudo fazer cada vez menos sentido.
    A propósito, caso não conheça, procure uma música do Supertramp chamada "The Logical Song". Ao menos ela, com relação a este assunto, fará algum sentido, garanto-te.
    GK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela indicação, Gugu! A musica realmente faz bastante sentido em relação a isso..
      E quando mais eu cresço e observo esse mundo todo sentido se desvanece em mim...

      Excluir

desculpe, querida

desculpe, querida se minhas palavras são incontidas se meu toque te abomina se o meu sorriso e o meu corpo não são o suficient...