sexta-feira, 21 de abril de 2017

Indecifrável



Quando tudo se for
Sei que ainda estarás presente aqui
Quando o pulso pender ao infinito
Sei que podes cantar para sempre
Quando toda sensação se esvair
Sei que tua imagem continuará aqui

Assustam-me as correntes do destino
O fim de todos, a imagem não definida
E indecifrável do não-ser 
Mas todos vão se constituindo de pé
As marcas constroem-se pelo mundo afora

Então
Quando tudo se for
Todas as tuas pegadas continuam aqui
Em cada fio de pensamento

Em cada lágrima feita somente pra ti.

É tão estranho perder alguém querido... :'/ Mas ele está em paz agora.

-G.MOON

2 comentários:

estranho vermelho

há um toque de intenso vermelho que consome a minha pele o vermelho das tuas unhas a cor rubra que pinta os teus lábios...